top of page

 Eduardo Petry 

Eduardo Petry

Pureza formal e continua descoberta entre volume, espaço e cor, a geometria pode representar um valido instrumento de trabalho e de conhecimento, para quem deseja apreciar plenamente e com profunda compreensão as obras realizadas na arte moderna.

Para Eduardo Petry, a geometria na pintura serve para “ordenar” o instinto e transformar a pulsação pictórica numa forma lúcida e estável, que tem suas raízes num abstracionismo geométrico pictórico.

A obra desse pintor se caracteriza por uma grande pureza formal . Volume, peso e cor coincidem, a forma é uma massa plena e a cor faz corpo com o volume . Embora exista uma identificação entre a cor e o suporte ,suas criações são constituídas por uma composição de pintura e escultura juntas.

Em consequência , sua atividade foi uma continua descoberta das relações entre volume, espaço e cor.  A escultura propriamente dita, entretanto, não existe no sentido do modelado . Suas cores preferidas são o cinza, o vermelho, o azul, mas também o branco, o preto e o laranja.

Vejam todos bem vindos a um universo artístico de muita propriedade.

EDUARDO PETRI_Transformação XVI_145x90_ast_000 1017_edited
bottom of page